Publicado em: terça-feira, 05/11/2013

Ex-baterista do The Doors defende meio ambiente

Ex-baterista do The Doors defende meio ambienteJohn Densmore pode atuar a favor da sustentabilidade. Ele parece ter recordado que a Terra precisa ser preservada porque não se terá outra chance. O músico foi baterista da banda norteamericana chamada The Doors. Ele considera ser muito importante manter em mente um pensamento que favoreça a sustentabilidade como uma das prioridades para evitar os danos que a natureza sofre a cada dia.

O músico declarou à imprensa que se as pessoas não se conscientizarem a natureza irá de despedir dos seres humanos. A declaração foi feita na Costa rica, onde ele participou do fórum Personas Planeta e Paz sobre o desenvolvimento do turismo sustentável. Atualmente, John tem 68 anos de idade. Para ele, a Terra só tem uma vida e é preciso conscientização para que ela não se acabe antes do esperado.

John comparou a Terra a uma mulher que tem bastantes erupções, que seriam as cidades. Vez ou outra, aparecem riscos que seriam os momentos em que acontecem os terremotos ou furacões. O músico acredita que se as cidades começarem a ser mais sustentáveis, a Terra fica melhor. Só precisa passar um creme e não correria tantos riscos.

Densmor não participa do grupo de convidados que irá dar palestras da conferência na Costa Rica. Mas, ele será o responsável por ler uma poesia do guatemalteco Umberto Akabal. O músico diz que o poeta fala muito sobre sua terra natal. No encerramento do congresso, na próxima quarta-feira, John Densmor irá fazer uma apresentação musical.

O ativista irá falar um pouco sobre ecologia, mas promete que irá levar o assunto para o lado musical e artístico. Dessa forma, pretende atingir o coração das pessoas. No ano de 2011, ele foi detido no subúrbio da cidade de Chicago, nos Estados Unidos. Na época, ele participava de uma manifestação pacífica. Ele é conhecido por ajudar economicamente as organizações em defesa da natureza.

No início de 2013, John lançou o seu segundo livro com o título “The Doors Unhinged”. A publicação fala sobre a luta legal pelo uso do nome da banda de rock em uma turnê. O grupo foi formado no ano de 1965.