Publicado em: quarta-feira, 30/11/2011

Eusébio reclama de violência de Pelé

Considerado o maior jogador do futebol de Portugal de todos os tempos, Eusébio está no Brasil esta semana para o o evento Soccerex, que reúne técnicos, ex-jogadores e empresários para debater o futebol na atualidade, e aproveitou para criticar o principal nome do futebol brasileiro.

Eusébio disse que Pelé era desleal e violento com os adversários em campo, lembrando as vezes em que ambos se enfrentaram em campo. De acordo com o ex-jogador português, durante a Copa das Nações, em 1964, o camisa 10 brasileiro teria até ‘batido no rosto dos zagueiros’.

O jogador português ainda fez questão de ressaltar que não tem qualquer tipo de inimizade com Pelé, e disse não menosprezar a técnica do ídolo brasileiro. Os dois se encontraram em campo na Copa do Mundo de 1966, na Inglaterra, quando Portugal venceu e Pelé deixou o campo lesionado, reclamando da violência dos adversários.

Durante o Soccerex – que também contou com a presença de Carlos Alberto Torres, o holandês Rudd Gullit, o argentido Ardilles e o inglês Bobby Robson – Eusébio ainda citou Garrincha como melhor que Pelé, embora tenha lamentado que o jogador que brilhou pelo Botafogo tenha sido um ‘marginalizado’.