Publicado em: quinta-feira, 28/06/2012

Eurocopa – Espanha elimina Portugal nos pênaltis

Ao final do confronto entre Portugal e Espanha, o astro Cristiano Ronaldo foi flagrado pelas câmeras repetindo a palavra ‘injustiça’, por várias vezes. O camisa 7 da seleção se referia ao fato de sua equipe ter sido eliminada nas semifinais da Eurocopa na decisão por pênaltis, sem seu principal jogador ter cobrado uma das penalidades.

Após empatarem em 0 a 0 no tempo normal e no tempo extra, Espanha e Portugal foram decidir nos pênaltis quem seria um dos finalistas da Euro 2012. Xabi Alonso e João Moutinho abriram as cobranças errando, e Bruno Alves desperdiçou mais uma cobrança para os portugueses. Fábregas encerrou as cobranças, sem dar a oportunidade para Cristiano Ronaldo bater seu pênalti.

Durante a partida, Ronaldo teve raras oportunidades de conseguir colocar Portugal na frente, embora ao contrário dos demais adversários da Espanha nesta Euro, o time português tenha tomado a iniciativa em vários momentos do jogo. Os espanhóis, por sua vez, evitaram adotar o tradicional estilo de jogo, em que privilegia a posse de bola e os passes curtos.

Com a vitória nas penalidades, a Espanha mantém vivas as esperanças do bicampeonato europeu. A ‘Fúria’, inclusive, busca ser a primeira equipe na história a conseguir uma sequência de um titulo europeu, seguido de um mundial e em seguida faturar o bi da Euro. O time treinado por Vicente Del Bosque agora aguarda o vencedor do confronto entre Itália e Alemanha, que acontece nesta quinta-feira, para saber quem será o adversário na decisão da Eurocopa.

Já para Cristiano Ronaldo a eliminação pode também ter significado também um empecilho em sua carreira. O jogador espera superar o argentino Lionel Messi como melhor do mundo, e um eventual título da Eurocopa o colocaria em franca vantagem na eleição da Fifa deste ano, já que o argentino do Barcelona deixou de faturar o título da Liga dos Campeões.