Publicado em: segunda-feira, 17/10/2011

EUA já registra perda de US$ 1,29 trilhão em tributos

O Governo dos Estados Unidos anunciou na sexta-feira (14) que já registra o déficit fiscal em US$ 1,29 trilhão em tributos no período que vai desde o dia 1º de janeiro até 30 de setembro. Os dados são do Departamento do Estados.

Dessa forma, as perdas no ano fiscal registram a maior que os Estados Unidos já registrou. Entretanto, em comparação ao produto Interno Bruto (PIB) do país, as perdas ficam em 8,7%. Se considerar o ano fiscal de 2010, as perdas foram de 0,3% uma vez que o ano registrou queda de 9%.

Já o que o governo arrecadou nos noves primeiros meses de 2010 conseguiram apontar alta de 6,5% em relação ao ano passado. Ao todo, focam arrecadados US$ 2,3 trilhões. Porém, o total das despesas do país também cresceu, este em 4,2%, chegando a soma de US$ 3,6 trilhões.

Em agosto, um representante do presidente Barack Obama chegou a um acordo junto ao Congresso para conseguir que seja formado um comitê bipartidário e bicameral que deve identificar até o final de novembros os setores que podem ter redução de despesa. O grupo pretende fazer com que os gastos diminuam pelo menos US$ 1m2 trilhão nos próximos dez anos.

Durante o segundo mandato do presidente Bill Clinton, o país havia conseguido registrar três anos consecutivos de superávit fiscal. Os valores começaram a baixar quando George W. Bush assumiu a presidência e junto começou a campanha militar contra o Afeganistão e o Iraque. Além disso, em 2008, o país passou por uma dura recessão que fez com que os índices das atividades econômicas também contribuíssem para as perdas fiscais e o aumento da dívida pública.