Publicado em: sexta-feira, 09/09/2011

EUA confirma possível ataque terrorista no aniversário de 10 anos do 11 de setembro

O Departamento de Segurança Interna dos EUA publicou um comunicado no qual informam que há uma ameaça real de ataque terrorista no dia do aniversário de 10 anos do 11 de setembro. A data atinge essa marca no próximo domingo, deste final de semana, quando cidadãos pretendem realizar homenagens às vítimas do ataque no Marco Zero, local onde dois prédios estão sendo reconstruídos para representar a recuperação dos Estados Unidos depois da queda das Torres Gêmeas.

Além da nota enviada pelo Departamento, o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, realizou um pronunciamento na noite desta quinta-feira (08). De acordo com ele, a ameaça detectada é crível, mas ainda não é confirmado que um ataque vai acontecer. “Nós tratamos muito seriamente toda informação sobre uma ameaça. Nós continuamos a pedir às pessoas para permanecerem vigilantes com o fim de semana a nossa frente”, reforçou o prefeito.

As medidas de segurança anunciadas pelo Comissário de Polícia de Nova York, Raymond Kelly, incluem maior rigorosidade nas sanções a carros estacionados ilegalmente, os quais devem ser guinchados, aumento do número de patrulhas nas ruas e de cães farejadores, maior foco nas pontes, túneis, e infraestruturas em geral.

A organização da qual suspeita-se que pretende organizar um novo ataque é a al-Qaeda, responsável por reivindicar o 11 de setembro em 2001. De acordo com autoridades de Nova York, acredita-se que o foco do grupo terrorista sejam as infraestruturas e o uso de um carro-bomba para garantir a explosão. No começo deste ano, o governo de Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, foi responsável pela morte de Osama Bin Laden, então líder da al-Qaeda.