Publicado em: sexta-feira, 11/07/2014

Estudo revela que habilidades para matemática e leitura são favorecidas pelos mesmos genes

Estudo revela que habilidades para matemática e leitura são favorecidas pelos mesmos genesUm estudo publicado pela revista “Nature Communications” na última terça-feira (8), revela que a habilidade para matemática e para leitura é favorecida pelos mesmos genes. Cientistas do King’s College de Londres, que são liderados por Robert Plomin, utilizaram dados de um chamado Estudo do Desenvolvimento Precoce dos Gêmeos (TEDS, em sua sigla em inglês) para que por meio dele, pudesse identificar a influência dos genes nas habilidades de leitura e cálculo de adolescentes que tinham em média 12 anos, a pesquisa foi feita com 2.800 famílias britânicas. Os pesquisadores avaliaram a vida de gêmeos com genes compartilhados e outras crianças, que realizaram testes de leitura e matemática, de acordo com as exigências do sistema escolar local.

Resultado

O resultado dos testes e do DNA apontou uma “sobreposição significativa” dos genes que são capazes de determinar a habilidade para leitura e para os números. Cerca da metade dos genes que são responsáveis por influenciar na habilidade de leitura da criança, reflete também em sua capacidade para as contas, segundo o estudo. Com isso, os cientistas destacam que a base familiar e a educação que ela terá na escola, são fundamentais para o desenvolvimento.

O condutor da pesquisa, afirma que as crianças são geneticamente diferentes em relação à facilidade de aprender e por isso é necessário respeitar essas diferenças de cada um. De acordo com o cientista, descobrir que existe uma grande influência genética, não quer dizer que não se pode fazer nada quando uma criança demora a aprender, porque o fato de ser hereditário não significa que seja imutável, quer dizer apenas que irá depender de um esforço maior dos pais e do ensino escolar para apoiar o aluno. O estudo realizado acerca dos genes, não identifica algum específico que defina essas habilidades, entretanto, compõe conjuntos de genes ou até mesmo de diferenças genéticas que de forma individual, podem contribuir uma pequena parcela para moldar à pessoa.