Publicado em: terça-feira, 20/03/2012

Estudo diz que adolescentes trocam 60 mensagens SMS por dia

Uma pesquisa realizada pela Pew Internet & American Life Project indicou que os adolescentes americanos estão trocando mais mensagens de textos pelo celular do que anteriormente. O estudo mostra que o número de torpedos por dia aumento para 60 no ano de 2011, comparado com a média de 50, identificada em 2009 pelo Mashable.

Foram entrevistados, entre os meses de abril e julho do ano passado, cerca de 800 adolescentes nos Estados Unidos, com idades entre 12 e 17 anos. Os dados foram conseguidos depois de um cruzamento de informações de grupo com 57 pessoas, entre 12 e 19 anos.

A faixa entre os 14 e 17 anos é a que mais contribui para o aumento deste índice de mensagens por dia. No último levantamento, em 2009, os jovens trocavam 60 torpedos diariamente, representando 10% a mais que a média de todos os adolescentes daquele ano. No ano de 2011, este mesmo grupo registrou o envio de 100 torpedos diariamente.

Características da pesquisa

A pesquisa descriminou os dados por gêneros, de forma que o resultado indica que as meninas efetuam o dobro de atividades que os meninos. Enquanto os rapazes efetuam a troca de apenas 50 torpedos diários, em média, as meninas ficam por volta de 100.

Mesmo tendo ficado inferior a média das meninas, o índice dos rapazes indica uma alta de mais de 65%, já que no ano de 2009 eles trocavam apenas 30 torpedos por dia.
O estudo também indica que os afro-americanos é o grupo pesquisado que apresentou maior alta, passando de 60 para 80 mensagens no período de dois anos. Entre os pesquisados, 75% declararam que mandam muitas mensagens. O aumento do número de uso de torpedos indica uma queda na quantidade de mensagens de voz.

63% dos jovens entrevistados afirmaram que enviam mensagens de texto todos os dias e apenas 39% deles declararam realizar ligações diariamente. Entretanto, a pesquisa aponta que os adolescentes, meninos e meninas, que enviam mais torpedos, tendem também a passar mais tempo em ligações com colegas.

Os dados também mostram que as mensagem nas redes sociais são usadas por apenas 30%, aproximadamente, dos adolescentes pesquisados, como forma de se comunicar. O e-mail apresenta uma porcentagem bem menor: 6%.