Publicado em: sexta-feira, 11/04/2014

Estudante é espancada na escola em Limeira ‘por ser bonita’, diz o pai

Estudante é espancada na escola em Limeira ‘por ser bonita’, diz o paiA violência em nosso país já não é novidade, entretanto, os casos de violência nas escolas de ensino fundamental e médio muitas vezes passa despercebido, não sendo tratado como “crime” e sim como apenas desentendimentos entre crianças.

Mas em Limeira, interior de São Paulo, o desentendimento entre “crianças” foi muito mais além, uma estudante de 15 anos foi espancada por pelo menos mais três jovens na porta de sua sala de aula quando saia para o intervalo, isso aconteceu na Escola Estadual Castelo Branco, localizado no bairro Vila Cláudia.

A razão pela qual ela foi agredido, segundo seu pai, é porque a jovem é nova na escola e é bonita. A menina teve ferimentos no rosto e pescoço, ocasionados por muitos tapas, socos e arranhões.

O pai da adolescente, que é jornalista e ex-polícial militar José Carlos Roque Junior, de 39 anos, disse que a filha estuda na escola desde o começo do ano e que sofre bullying por chamar atenção com sua beleza, ele também conta que a diretora da escola já sabia que isso iria acontecer.

Já foi chamado para falar sobre o assunto com as alunas que haviam ameaçado a menina.

“É um absurdo”

O jornalista diz surpreso que, não esperava que isso fosse acontecer com ela. “É um absurdo”, afirma. Além disso, ele também informa que a polícia tem vídeos de tudo o que aconteceu e que por conta disso, irá processar o estado pelo que aconteceu, porque a escola tem que se responsabilizar pelo que aconteceu com a aluna em horário de aula. S

egundo o tenente Cabana, da PM, a Ronda Escolar foi chamada e um outro grupo de policiais que trabalhou durante a manhã.

A briga foi gravada por outros alunos da escola por meio de câmeras de celular. Logo após o ocorrido, os policiais conduziram a estudante que estava machucada para um pronto-socorro, ela foi medicada e liberada.