Publicado em: segunda-feira, 10/03/2014

Estreia de “300” abala bilheterias americanas e lidera com larga escala

Estreia de 300 abala bilheterias americanas e lidera com larga escalaSe o primeiro filme “300”, lançado em 2007, fez com que os espectadores vibrassem, a continuação parece ter cativado pelo menos uma boa parte daqueles que, há alguns anos atrás, lotaram salas de cinema pelo mundo. Mais violento do que o longa antecessor, o épico “300: a ascensão do império”, liderou em ampla escala as bilheterias norte-americanas neste fim de semana.

Estimativas apontam uma arrecadação de US$ 45 milhões na estreia, mas apesar de liderar nos Estados Unidos, ainda ficou abaixo da estrondosa estreia de 2007, que arrecadou US$ 70,9 milhões do primeiro fim de semana do filme original. O segundo lugar no mesmo período também foi uma estreia, da animação “Mr Peabody & Sherman”. A bilheteria foi de US$ 32,5 milhões. O terceiro posto foi de “Sem escalas”, que está na segunda semana de exibição, e totalizou US$ 15 milhões.

O ranking dos cinco primeiros filmes foi completado pelo longa de animação “Lego o Filme”, que ficou em quarto lugar com US$ 11 milhões, e pelo épico religioso “O filho de Deus”, que rendeu US$ 10 milhões, no quinto lugar.

Santoro volta com tudo

Rodrigo Santoro voltou para a sequencia de “300” como o vilão Xerxes, e desta vez com maior participação no filme. Com moral em Hollywood, o brasileiro ainda acha que o idioma o limita um pouco suas atuações, e acha que os trabalhos em inglês ainda ficam distantes da qualidade das atuações na língua nativa.

Ele afirmou que se sente mais livre em português por não ter que pensa muito para falar, mas vê uma grande evolução em sua trajetória e sua atuação em inglês desde sua estreia em Hollywood, no filme “As Panteras – Detonando”, de 2003.

O personagem de Santoro em “300” vai liderar uma busca por vingança rumo à Grécia, e seu exército será liderado por Artemisia (Eva Green, da França, que interpretou a bond girl Vesper Lynd em “007 – Casino Royale”).