Publicado em: sábado, 02/07/2011

Estádio do Corinthians: Câmara de SP aprova incentivos fiscais para futuro estádio

Os vereadores da cidade de São Paulo, após duas votações no plenário da Câmara, aprovaram os incentivos fiscais para a construção do estádio do Corinthians na região de Itaquera, zona leste paulistana. O valor total dos incentivos pode chegar a R$ 420 milhões, cerca da metade do valor total da construção da obra.

Por 39 votos a 15, a aprovação foi feita, porém, com uma importante ressalva: para que os benefícios não sejam cancelados e o clube tenha que arcar com os gastos, o Corinthians precisa garantir que a abertura da Copa 2014 aconteça em seu novo estádio. O raciocínio é simples. Para gerar lucro para a cidade e a ajuda pública fazer sentido, o retorno esperado de R$ 1 bilhão só será garantido para a cidade que tiver a honra de abrir o Mundial do Brasil.

Agora resta o projeto ser sancionado pelo prefeito Gilberto Kassab, o que deve ocorrer na próxima semana. A FIFA havia dado o dia 10 de julho como prazo para as definições de custeamento do estádio paulista na Copa.

Atualmente, a primeira partida do mundial está próxima de São Paulo e Belo Horizonte. Ao longo dos preparativos dos preparativos para a Copa, a capital paulista entrou e saiu inúmeras vezes do posto de favorita para receber a abertura. Além dela, Brasília e o sempre atrativo Rio de Janeiro também já tiveram seus momentos de preferência. A capital mineira se destaca pelo forte ritmo das obras de infraestrutura e bom andamento nas reformas do Mineirão.