Publicado em: sábado, 20/10/2012

Estádio da Vila Belmiro é interditado por tempo indeterminado pelo STJD

Estádio da Vila Belmiro é interditado por tempo indeterminado pelo STJDO estádio da Vila Belmiro, onde o Santos manda os seus jogos, foi interditado nesta sexta-feira, 19 de outubro pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o STJD, por tempo indeterminado. A decisão de interditar o estádio santista foi tomada em decorrência do jogo da última quarta-feira, dia 17 de outubro, quando o Santos enfrentou o Atlético-MG em casa pela trigésima primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Na ocasião, a ambulância que presta serviço no estádio não conseguiu entrar em campo para fazer o atendimento ao jogador Rafael Marques, do Atlético-MG, que se machucou após se chocar com um dos seus companheiros de equipe. Isso aconteceu porque degraus impediram que o automóvel conseguisse entrar no gramado.

Paulo Schmidt, que é procurador-geral do STJD, foi quem fez o pedido de interdição, depois de passar toda a quinta-feira, 18 de outubro, dizendo que o estádio santista deveria ser punido pelo ocorrido e conseguiu convencer Flávio Zveiter, que é o presidente da entidade.

A decisão cabe recurso, mas o Santos já começou as obras para realizar as adequações que foram solicitadas depois de uma vistoria realizada no estádio. Agora, o estádio da Vila Belmiro terá uma área destinada exclusivamente para a ambulância dentro do seu gramado.

As obras começaram no portão 20, onde uma parede foi derrubada. Os degraus que impediram a entrada da ambulância no campo na última quarta-feira, que tem 40 cm de altura, também serão destruídos e uma rampa de acesso ao gramado será construída em seu lugar.

O próximo jogo da equipe santista não seria realizado na Vila Belmiro. No domingo, dia 21 de outubro, o time comandado pelo técnico Muricy Ramalho vai até o estádio Moisés Lucarelli onde enfrentará o time da Ponte Preta em uma partida marcada para acontecer a partir das 18h30, de acordo com o horário de Brasília.