Publicado em: quarta-feira, 18/06/2014

Espanha x Chile: Fúria busca triunfo para se manter viva no Grupo B da Copa do Mundo 2014

Espanha x Chile: Fúria busca triunfo para se manter viva no Grupo B da Copa do Mundo 2014Em partida que reedita o confronto válido pela primeira fase na Copa do Mundo de 2010, Espanha e Chile se enfrentam nesta quarta-feira (18), às 16 horas, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela segunda rodada do Mundial de 2014. A Fúria tenta recuperar o ânimo após a goleada sofrida por 5 a 1 diante da Holanda, na primeira rodada. Já o time sul-americano estreou com vitória por 3 a 1 sobre a Austrália.

Durante a campanha do título de 2010, na Copa da África do Sul, a Espanha também precisava vencer o Chile na primeira fase e não decepcionou, vencendo por 2 a 1. Além disso, as seleções voltam a se enfrentar no Maracanã após 64 anos, já que na Copa de 1950, a Fúria venceu os sul-americanos por 2 a 0 no mesmo estádio.

Insatisfeito com o rendimento da equipe na primeira rodada, o técnico Vicente Del Bosque fará mudanças no time titular. Os volantes Xabi Alonso e Xavi perderão os lugares no time para o volante Koke e o atacante Pedro Rodríguez. Assim, a Seleção Espanhola passará a jogar no tradicional esquema 4-4-2, ao invés do 4-5-1. Além disso, o meio-campista Javi Martinez deve ganhar a vaga de Piqué e ser improvisado na zaga ao lado de Sérgio Ramos. No ataque, Fernando Torres ganha a posição do brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa.

Seleção do Chile deve ter formação mais cautelosa para encarar os campeões do mundo

Na Seleção Chilena, o técnico Jorge Sampaoli não sabe se poderá contar com o volante Vidal, que ainda se recupera de uma artroscopia no joelho direito. Com uma formação mais cautelosa, o zagueiro Francisco Silva deve entrar na zaga e formar o trio com Medel e Jara. Caso Vidal não possa atuar, Valdívia será mantido entre os titulares.

O árbitro do jogo será Mark Geiger, dos Estados Unidos, que terá o auxílio dos assistentes Mark Hurd, do mesmo País, e Joe Fletcher, do Canadá.