Publicado em: quinta-feira, 26/06/2014

Erika Januza fala sobre preconceito

Erika Januza fala sobre preconceitoA personagem Alice da novela “Em Família” é papel da atriz Erika Januza. O sucesso que ela faz hoje foi conquistado pouco a pouco, já que a atriz ressalta que precisou passar por cima de muito preconceito para chegar onde pretendia. Ela diz que ouviu muitos comentários maldosos ao longo da carreira pelo fato de ser negra.

Erika Januza está com 29 anos de idade e é natural do estado de Minas Gerais. O primeiro trabalho da atriz na televisão foi na minissérie “Subúrbia”, de Luiz Fernando Carvalho e Paulo Lins. Na trama, ela fez a personagem Ceição. Ela só apareceu nas novelas na trama atual de Manoel Carlos, “Em Família”, onde faz uma jovem destemida em busca de justiça.

No início da carreira, Erika diz ter participado de vários concursos de beleza. Naquela época, ela ouviu vários comentários preconceituosos. Atualmente, ela diz que se sente feliz quando as mulheres negras dizem para ela representá-las. A atriz dia que quando decide fazer algo, corre atrás e se prepara até conseguir a conquista.

O nome completo da atriz é Erika Januza da Trindade Gomes. Ela saiu da cidade de Contagem para estrelar nas telinhas. Ela já fez ensaios fotográficos sensuais e também já foi musa do carnaval de Minas Gerais, além de ter ganhado vários concursos de beleza.

A carreira deslanchou mesmo quando Erika recebeu um telefonema para ser a protagonista de “Subúrbia”, em 2012. Erika é filha única e diz que a mãe sempre lhe deu apoio para seguir a carreira artística. A atriz afirma que depois de ouvir muito preconceito, chegou a ficar com baixa autoestima. Mas ela nunca se revoltou e pensava que sua vez ia chegar.

Para conseguir o papel em “Subúrbia”, Erika competiu com 2 mil candidatas. Ela estudou muito e faltou ao trabalho para conseguir o papel. Na época, teve que cortar o cabelo para fazer os testes e quando entrou no Projac para as gravações, chorou muito. Dois anos antes de entrar no local como funcionária, ela foi expulsa por seguranças quando tirou uma foto.