Publicado em: quinta-feira, 06/10/2011

Equipe de bombeiros combate fogo na Chapada Diamantina

Desde segunda-feira, uma equipe de 70 brigadistas e 26 homens do Corpo de Bombeiros tentava combater um incêndio na Serra do Bode, na Chapada Diamantina, entre as cidades baianas de Mucugê e Andaraí. O fogo era intenso, embora toda a estrutura que foi montada para cessá-lo.

De acordo com o tenente-coronel que comanda a operação, Carlos Miguel de Almeida Filho, a equipe está conseguindo preservas a região de reserva florestal, como o Projeto Sempre Viva e o Parque Nacional da Chapada. A área afetada pelo incêndio é de cerca de 1 mil hectares, mas segundo o tenente-coronel, o risco de chegar ao municípios diminuiu.

Segundo o secretário de Meio Ambiente e Turismo de Mucugê, Euvaldo Ribeiro Júnior, o acesso a área do incêndio é muito difícil, por isso, um helicóptero da Polícia Militar auxiliava com o transporte dos brigadistas e de água e alimentação. De acordo com os responsáveis, o vento é o que mais atrapalha os trabalhos, pois ajuda na propagação do fogo.

Os principais motivos indicados como possíveis causas do incêndio são as altas temperaturas, baixa umidade do ar, falta de chuvas e vegetação seca. Os incêndios são comuns nessa época do ano. Segundo o chefe Nacional da Chapada e representante do Instituto Chico Mendes, Bruno Lintomen, o incêndio que aconteceu em 2008 no Parque levou 40 dias para ser controlado e acabou com aproximadamente um terço da área.