Publicado em: quarta-feira, 28/01/2015

Equipe brasileira briga por vaga em mundial de polo aquático

Pela primeira vez nessa temporada, o polo aquático brasileiro se prepara para encarar um grande desafio do esporte. As seleções femininas e masculinas irão disputar a Copa Uana, no Canadá. O torneio começa na manhã de hoje, mas o Brasil só estreia na quinta feira. No caso da seleção feminina, a competição vai funcionar como um treino de luxo, já que o time já garantiu seu vaga no Mundial de Desportos Aquáticos de Kazan. Enquanto isso, a seleção masculina briga por uma das duas vagas que ainda estão disponíveis para disputar o torneio mundial em julho, na Rússia.

Os brasileiros acabaram ficando de fora do Mundial de Barcelona em 2013 e agora vão enfrentar os adversários canadenses e também argentinos. Os times se encaram primeiro numa disputa triangular. Quem conseguir a melhor colocação vai para a final e ainda conquista a primeira vaga em Kazan. As equipes restantes irão disputar uma última partida e o melhor time conquista a segunda vaga para competir do mundial.Equipe brasileira briga por vaga em mundial de polo aquático

As meninas do Brasil conseguiram garantir sua classificação no ano passado, quando a equipe de Porto Rico desistiu da competição e as brasileiras ficaram somente com as canadenses como concorrentes. Eram duas concorrentes para duas vagas no pré mundial. As Brasileiras estão seguindo uma maratona de treinos e uma série de jogos amistosos nos Estados Unidos, enfrentando equipes universitárias, além do desafio contra a seleção da China. No Mundial de Barcelona de 2013, as brasileiras conseguiram conquistar a 14ª posição.

Tanto as seleções femininas e masculinas obtiveram um saldo bastante positivo em 2014, cehgando na Super Final da Liga Mundial. Enquanto as mulheres garantiram o oitavo posto, os homems conseguiram ficar com a sétima posição. A Copa Uana acontece no Atos Markham Pan Am Center, mesmo local onde foram disputados os Jogos Pan Americanos. A seleção masculina é composta da seguinte forma: Técnico: Ratko Rudic – Thyê Matos (goleiro), Danilo Correa, Gustavo Coutinho, Felipe Perrone, Bernardo Reis Rocha, Felipe Silva, Ádria Delgado, Gustavo “Grummy” Guimarães, Guilherme Gomes, Bernardo Gomes, Paulo Salemi, Jonas Crivella e Vinícius Antonelli (goleiro).