Publicado em: quarta-feira, 05/11/2014

Enfermeira infectada com vírus ebola recebe alta médica na Espanha

Enfermeira infectada com vírus ebola recebe alta médica na EspanhaUma profissional de enfermagem que foi a primeira pessoa infectada com o vírus ebola, fora dos países que foram atingidos pela epidemia da doença, recebeu alta médica do hospital onde estava internada, em Madrid, na Espanha.

Teresa Romero esteve internada durante um mês após ser infectada com o vírus e segundo informações passadas pelo diretor do hospital Carlos III, onde a enfermeira permaneceu internada, Rafael Perez Santamaria, o fato de após um mês, que foi muito complicado para a paciente e também para o corpo clínico do hospital, Teresa receber alta é algo que significa muito para todos os profissionais envolvidos no tratamento da enfermeira.

A enfermeira Teresa Romero tem 44 anos de idade e foi internada no dia 6 do mês de outubro, após ser diagnosticada com o vírus ebola, a enfermeira contraiu a enfermidade logo após ter participado do atendimento a um missionário espanhol, que estava infectado com ebola, o missionário era repatriado de Serra Leoa, uma das localidades afetadas pela epidemia de ebola, o missionário foi repatriado no dia 22 do mês de setembro e três dias depois faleceu em decorrência da doença.

A epidemia do vírus ebola se concentrou principalmente em Serra Leoa, Guiné e também na Libéria, países se mantém em alerta para receber pessoas vindas dessas regiões e tem medidas de segurança adotadas em seus aeroportos, recentemente no Brasil, foi implantado uma nova estratégia, assim que as pessoas vindas dessas regiões chegam ao aeroporto de Guarulhos, estas recebem um folder explicativo sobre a doença e também dando maiores detalhes sobre o Sistema Único de Saúde, além disso, a temperatura deles é checada, segundo os participantes desta ação é importante que os estrangeiros saibam à respeito do Sus e que este oferece tratamento gratuito e especializado, caso seja necessário.