Publicado em: sexta-feira, 11/11/2011

Enem – Especialista acredita que avaliação é feita por baixo

José Francisco Soares, especialista em avaliação da Universidade Federal de Minas Gerais, acredita que boas médias no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) passam uma falsa impressão de que os alunos estão sendo bem capacitados.

Segundo Soares, numa prova que mede o conhecimento necessário para que jovens resolvam problemas cotidianos, conhecida como Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), apenas 4% dos participantes obtiveram notas altas.

Numa audiência pública da comissão especial responsável por analisar o projeto de Plano Nacional de Educação (PNE – PL 8035/10) Soares defendeu novos parâmetros, mais exigentes para a educação brasileira. “As avaliações nacionais estão calibradas hoje para baixo. Então, o aluno que se sai bem no Enem não vai se sair bem no Pisa”.

O Programa Internacional é desenvolvido pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). O programa avalia estudantes de 15 anos, fase em que a grande maioria está concluindo a escolaridade mínima obrigatória. Envolvem capacidade de leitura e conhecimentos de matemática e ciências.