Publicado em: terça-feira, 18/10/2011

Enem Atenção: nota da redação é decisiva. Fique ligado nas dicas.

Por mais importante que a redação seja e o item “demonstrar domínio na norma padrão da língua escrita” esteja como primeira competência exigida no edital, o uso de um português perfeitamente correto não é o primordial na hora de elaborar a redação. O importante é conseguir articular os argumentos, com clareza e concisão.

A avaliação é sobre a capacidade do candidato em expor suas ideias de maneira organizada e com sentido. No Enem, a correção dos textos é feita por comparação e são toleradas pequenas falhas na norma culta. A avaliação é feita de acordo com o que se espera de um aluno que esteja concluindo o ensino médio.
O critério de avaliação apresentado no edital, o nível máximo de conhecimento é atribuído ao aluno que “demonstra excelente domínio da norma padrão, não apresentando ou apresentando escassos desvios gramaticais e de convenção da escrita”. Ou seja, a prova permite pequenos erros.

Outra dica é a respeito da apresentação do texto. Letra caprichada e texto sem rasuras podem contar pontos na hora da avaliação. As redações passam pela avaliação de dois corretores independentes, sem que um saiba a nota dada pelo outro. A nota final é a média entre as duas avaliações.