Publicado em: sábado, 29/10/2011

Enem 2011 – Inep tem até segunda para se manifestar

Nesta sexta-feira (28), a Justifica Federal do Ceará determinou que o Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) tem o prazo de 72 para se manifestar a respeito das questões que vazaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) por um colégio particular de Fortaleza. A determinação é do juiz federal Luiz Praxades Vieira.

Durante esta semana, o Inep, responsável pela aplicação da prova, havia solicitado o prazo de 2o dias para poder emitir algum comunicado “tendo em vista a complexidade do assunto”, porém o juiz negou o pedido. O prazo assinalado correrá minuto a minuto da hora do recebimento da intimação”, comentou Vieira. Dessa forma, a autarquia tem até as 10h48m da próxima segunda-feira (31) para se manifestar.

Na quinta-feira (27), o Ministério Público Federal do Ceará entrou com um pedido judicial na Justiça Federal onde pede que a prova seja anulada em sua totalidade ou ao menos as 14 questões que foram vazadas pelo Colégio Christus. Na opinião do procurador da república responsável pela ação, Oscar Costa Filho, estas são as únicas maneiras de manter a insônia da prova entre todos os participantes.

Na sexta-feira, Defensoria Pública da União também entrou com um pedido para a anulação das questões. O Colégio Christus antecipou as questões em uma apostila distribuída entre os seus amigos. As questões faziam parte do pré-teste do Enem, aplicado em suas salas do colégio em outubro do ano passado.