Publicado em: quarta-feira, 02/11/2011

Enem 2011 – Inep diz que vazamento de questões foi “falha contingencial”

Nesta segunda-feira (31), os membros que fazem parte do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) se manifestaram pedindo que seja anulado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) apenas dos estudantes do Colégio Christus, de Fortaleza, responsável pelo vazamento de 14 questões que foram cobradas na prova que aconteceu nos dias 22 e 23 de outubro.

A defesa pela anulação restrita foi feita pelo juiz federal Luís Praxades Vieira pela manha. Ele comentou que o anuncio sobre a decisão de anular ou não o Enem deve ser anunciado nesta terça-feira (1).

Já a presidente do Inep, Malvina Tuttman, deixou a reunião sem se pronunciar. Ela fez uma fala no encerramento do dia.

Segundo a Justiça Federal, a diretoria de Ensino Básico do Inep, Maria Tereza Barbosa, alegou que o que ocorreu foi uma “falha contingencial” mas não chega a ser grave. Segundo a defesa, o Inep acredita que apenas o estudantes do Colégio Christus foram prejudicados pela antecipação das questões e por esse motivo o Enem pode ser cancelado apenas aos matriculados na escola.