Publicado em: terça-feira, 01/11/2011

Enem 2011 – Inep diz que alunos do colégio Christus podem ter que refazer prova

Na tarde desta segunda-feira, a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Malvina Tuttman comentou que os alunos do Colégio Christus, de Fortaleza, poder ter que fazer novamente a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) caso a Polícia Federal conclua na sua investigação que foram realmente antecipadas as questões para os estudantes.

”Se isso for indicado [acesso do cursinho às questões], todos os alunos da escola farão uma nova prova”, afirmou Malvina.

O instituto optou por anular a prova de todos os 639 alunos que indicaram no seu documentação de inscrição que concluíram o ensino médio no Colégio Christus. De acordo com o Inep, os estudante tiveram acesos prévio a nova questões idênticas a da prova, uma “bastante parecida” e outras quatro questões “problemáticas” por que era bastante semelhantes as do Enem.

O Inep ainda afirmou que realiza o monitoramento de diversas redes sociais e apesar do vazamento das questões, não observou nenhuma atividade de compartilhamento das questões dos alunos do Colégio Christus com estudantes de outras escolas brasileiras.

Caso fique comprovado na investigação da Polícia Federal que o Colégio realmente distribuiu as questões, o Inep irá acionar a Justiça para que a escola faça o pagamento do custa de aplicação e execução de uma nova prova, que deve acontecer nos dias 28 e 29 de novembro. Assim, o Christus deverá pagar R$ 45 por casa um dos estudantes.