Publicado em: sexta-feira, 04/11/2011

Enem 2011 – Futuro do Enem pode ser decidido hoje

O destino do Exame Nacional do Ensino Médio 2011 (Enem) pode ser definido nesta sexta-feira. De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF – 5), o desembargador Paulo Roberto de Oliveira Lima deve decidir se suspenderá as 13 questões já anuladas pela Justiça Federal cearense. Os estudantes programaram um protesto para esta tarde contra o Ministério da Educação.

O desembargador teve acesso aos argumentos do MEC pela internet, no site do TRF. Através da tecnologia, Paulo Roberto poderá enviar sua decisão sem precisar voltar ao Recife. As questões foram anuladas por causa de um vazamento no Colégio Christus, dias antes de os candidatos fazerem o exame. Em um documento, a Advocacia-Geral da União (AGU) solicita que o desembargador, e presidente do TRF, acabe com a decisão do juiz Luis Praxedes Vieira da Silva e aceite a proposta do MEC.

O MEC quer que os 639 alunos do colégio Chritus refaçam a prova. Porém, o procurador da República no Ceará, Oscar Costa Filho, é contra a solução do MEC. Segundo ele, isto acaba com a isonomia do exame. Com isso, ele entrou com mais uma solicitação de anulação ontem na Justiça Federal do Ceará. O procurador deseja que mais uma questão seja anulada.

Os alunos devem se reunir hoje às 14h na sede do MPF no Recife em forma de protesto. Uma das integrantes da manifestação, a estudante Anaís de Araújo, de 18 anos, do Colégio Dom, afirma que esta decisão prejudica todos os candidatos. Ela irá deixar um abaixo-assinado no MPF com mais de 300 assinaturas.