Publicado em: terça-feira, 01/11/2011

Enem 2011 – decisão de anular itens divide opiniões

A Justiça do Ceará decidiu anular 13 questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) dos alunos do Colégio Christus, em Fortaleza. Essas questões teriam sido antecipadas aos estudantes. Mas a decisão está dividindo opiniões no Ceará. Um estudante acredita que isto desfavorecerá muitas pessoas. Pois aqueles que não acertaram as 13 questões, poderão ter a oportunidade de acertar agora e se igualar com aqueles que acertaram.

O estudante de 17 anos, Cláudio Carvalho Neto, não achou justa a decisão, pois, segundo ele, os estudantes do Chritus teriam vantagem sobre os demais. Ele afirma que como os alunos já tinham conhecimento sobre as questões, tiveram mais tempo para responder as outras. Cláudio acredita que o justo seria que as questões de todo o país fossem anuladas.

O pai de uma aluna do Christus e juiz de direito, Domingos José da Costa, disse que a decisão judicial foi válida, pois se somente os alunos deste colégio precisassem fazer a prova novamente, haveria uma desigualdade. Ele afirma que, agora, a filha está mais tranquila, pois poderá estudar para o vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

O estudante de 17 anos Valdi Monteiro também aprovou a determinação judicial desta segunda-feira. Ele disse que somente duas decisões seriam válidas. Na opinião do aluno, ou deveria acontecer a anulação nacional do exame, ou a anulação das questões.