Publicado em: quarta-feira, 18/04/2012

Empresário de Ronaldinho é condenado por lavagem de dinheiro

Roberto de Assis Moreira, irmão e empresário de Ronaldinho Gaúcho, foi considerado culpado pelo Tribunal Regional Federal pelos crimes de lavagem de dinheiro manutenção de depósito no exterior não declarado à repartição federal competente.

Assis terá de cumprir uma pena de cinco anos e cinco meses de prisão, podendo cumpri-los em regime semiaberto. O empresário ainda poder recorrer da decisão, em liberdade, e deverá entrar com um recurso assim que receber a notificação da pena.

O empresário do camisa 10 do Flamengo foi alvo de uma investigação do Ministério Público, iniciada em 2009, onde foram levantadas informações sobre envios de dinheiro ao exterior. O montante não declarado superava os R$ 880 mil.

O MP ainda apurou que Assis mantinha contas na Suíça, também sem declarar ao governo brasileiro, com valores maiores que U$ 400 mil. Além da reclusão, a Justiça obrigou Assis a pagar uma multa de 40 salários-mínimos pelos crimes financeiros.