Publicado em: quinta-feira, 13/10/2011

Empresário de Dagoberto publica críticas em seu Twitter a Juvenal Juvêncio

Ainda que tenha sido um dos poucos jogadores que fez alguma coisa no empate desde quarta-feira, dia 12 de outubro, contra o Inter, Dagoberto não deve renovar o contrato, que vence em abril do próximo ano, com o São Paulo. O clima está cada vez mais tenso entre o jogador, seu agente Marcos Malaquias e o presidente do clube Juvenal Juvêncio.

Juvêncio afirma que Dagoberto pede mais dinheiro do que realmente merece pelo trabalho e que se empresário Malaquias só pensa na remuneração. Essa declaração resultou em uma reação imediata. O jogador assegura que nunca foi procurado pelo presidente do São Paulo.

Já Malaquias não poupou críticas a Juvêncio em seu Twitter. O empresário postou a seguinte declaração: “Você caro presidente não jogue a responsabilidade em cima de mim sobre um assunto que você não deu importância e só agora quer resolver!”

Dagoberto diz que não irá trabalhar em nenhum time “dos grandes” de São Paulo, mas o artilheiro da temporada reforça o discurso de que pode sair do clube em 2012. O São Paulo está a cinco jogos sem Vitório e tem 48 pontos no campeonato. O próximo jogo será contra o Atlético-GO, no domingo, em Goiânia.