Publicado em: segunda-feira, 03/03/2014

Empresa entrega celular com recados desagradáveis na embalagem: “Casa velha, carros sucata”

 Empresa entrega celular com recados desagradáveis na embalagemMais um caso de compra feita pela internet que causou constrangimento ao cliente acontece, desta vez foi com a estudante brasiliense, 34 anos, que fez uma compra de um celular no valor de R$500 pelo site de um hipermercado e além do atraso na entrega, também teve a surpresa de receber ‘recadinhos desagradáveis’ junto com a encomenda. Na embalagem estava escrito: “Casa velha, com três carros de sucata.” Isso deixou a universitário indignada, que não quis se identificar por temer que tenha algum tipo de represália. O serviço foi feito por uma empresa terceirizada, na qual, esta não é a primeira reclamação nas páginas de queixas de consumidores, a empresa não se pronunciou sobre o caso. Segundo a estudante, não foi apenas um bilhetinho de um entregador ao outro, mesmo se tivesse feito e esquecido, eu teria tirado, porém, foi onde não dá pra destacar, onde eu iria ver. Ela classifica como, falta de respeito, e algo muito mal educado. Por preservar a identidade, e o medo do que podia acontecer, a família também não quis entrar com uma queixa contra a empresa prestadora de serviços. O celular foi comprado no dia 13 de fevereiro, pelo pai dela, e a previsão para entrega era em até cinco dias, entretanto, teve uma demora de oito dias. De acordo com os recados da embalagem, a empresa tentou entregar a encomenda nos dias 16 e 19, contudo, não encontraram ninguém em casa, localizada no Lago Norte. Em um dos recados há também uma observação, afirmando que a cliente iria esperar o dia todo no local pela encomenda.

Ofensa

A universitária informa que o pai se irritou com a demora, e chegou até a enviar um e-mail pedindo o cancelamento da compra. Mas estes bilhetes deixaram a família ‘ofendida’, ainda justifica que a casa não está velha e sim ‘mal-pintada’ e que não saiu todos os dias, ficava em casa aguardando a chegada do celular. Ela conta também que, o que mais a deixou triste com história foi porque seu pai é idoso e trabalhador, e essa situação o chateou muito. Sempre que olhar o celular, irá lembrar do que aconteceu e só irá se sentir bem quando conseguir pintar a casa para o pai, finaliza.