Publicado em: segunda-feira, 28/05/2012

Empresa dona da Smirnoff compra Ypióca por R$ 900 milhões

A empresa Diageo, um grupo britânico que atua no ramo de bebidas e que é dono de marcas conhecidas mundialmente, como Johnnie Walker e Smirnoff, adquiriu a cachaça brasileira Ypióca por R$ 900 milhões.

Com a compra, que deve ser concluída em um mês, o grupo pretende atingir mercados emergentes e ganhar metade de sua receita até o ano de 2015.

A Diageo levou em consideração o consumo de cachaça em todo o país e a posição que a marca ocupa no mercado nacional, sendo terceira na categoria e primeira colocada quando avaliado o mercado premium, registrando vendas de R$ 177 milhões somente no ano passado.

A presença da empresa no país, principalmente no Nordeste, também foi levada em consideração para a aquisição da marca, já que essa rede já existente poderá ser usada para que as outras marcas do grupo sejam fortalecidas no mercado brasileiro.

Na lista de bebidas que são distribuídas pela Diageo, além das já citadas, estão nomes como a tequila José Cuervo, o licor Baileys, a vodka Ciroc, entre outros e o Brasil é visto como um dos principais mercados para alguns desses produtos.

Estrutura da fabricante

A Ypióca foi fundada no ano de 1846 e tem, ao todo, 5 unidades de fabricação que estão espalhadas pelo país. Juntas, essas fábricas tem a capacidade de produção de 126 milhões de litros de cachaça a cada ano. A marca emprega aproximadamente 3.200 pessoas e exporta os seus produtos para quarenta países.

Quando considerado o mercado nacional de cachaça, a Ypióca é responsável por 8% do mercado total no país, vindo atrás de marcas como a Pitu, que tem 12% do mercado e a 51, dona de 24%. Já quando considerado o mercado premium de cachaças, a Ypióca tem uma participação que chega a 62% das vendas no Brasil.