Publicado em: sábado, 17/03/2012

Empresa de Eike Batista comprará fatia da Maersk em blocos de petróleo

A OGX Petróleo, empresa que pertence ao bilionário Eike Batista, anunciou ontem (16) a compra de mais uma parte da participação na Maersk Oil. Trata-se de dois blocos de extração no país e o objetivo é expandir a bacia de Campos, no Rio de Janeiro. A empresa de Eike Batista já possui 50% dos dois blocos, mas quer aumentar a participação e o potencial produtivo das extrações. Segundo o controlador da OGX, o potencial das áreas é enorme e precisa ser explorado.

A empresa tem sede no Rio de Janeiro é e considerada por analistas como a segunda maior empresa do setor petroleiro no Brasil. O objetivo da OGX é produzir 1,4 milhão de barris de petróleo ao dia no prazo de mais oito anos. Isso equivale a mais da metade da quantidade de petróleo que o país possui atualmente. O anúncio de compra foi feito por Eike Batista em uma teleconferência dada pelo empresário ontem. O objetivo do encontro era discutir o investimento de capital para a construtora de navios OSX Brasil para financiar seus projetos no setor de construção naval.

As duas empresas, a OGX e a Maersk possuem 50% cada uma dos blocos BM-C-37 e BM-C-38. O objetivo de Eike é comprar uma parte dos 50% pertencentes à Maersk. É nestes blocos que o empresário tem por objetivo aumentar a extração. A área de extração é controlada pela companhia de Eike e a região onde estão instalados os dois blocos de extração é fonte de 80% do petróleo produzido diariamente no país. A Bacia de Campos fica na região nordeste do estado do Rio de Janeiro. A assessoria de imprensa da Maersk Oil, que tem sua sede em Copenhagem, foi procurada pelos jornalistas, mas não deu informações sobre o assunto. A produção de petróleo nos blocos da Maersk ficaram em torno de 2 mil barris por dia em janeiro.