Publicado em: terça-feira, 11/03/2014

Empresa da Coréia do Sul lança linha de câmeras de segurança automotivas no Brasil

Empresa da Coréia do Sul lança linha de câmeras de segurança automotivas no BrasilComuns em diversas regiões do mundo, especialmente em países europeus, as câmeras on board em carros particulares podem começar a se popularizar por aqui. A empresa especializada em segurança Thinkware está lançando no Brasil uma linha desses itens que gravam todo o trajeto realizado pelo motorista. Estas câmeras serão importantes para colaborar em investigações sobre a responsabilidade em acidentes de trânsito, além de identificar envolvidos em roubos de automóveis.

A câmera, de acordo com a Thikware, é de fácil instalação, podendo ser acoplada atrás do espelho retrovisor, e é acionada assim que o veículo é ligado ou recebe algum impacto. Este modo de impacto ajuda a identificar os responsáveis por batidas em estacionamentos e garagens. Ao todo, dois modelos serão lançados pela companhia.

O primeiro modelo é o Clair2, que tem câmera frontal de 2 megapixels, 16GB de memória e resolução HD (720p). Já a segunda opção é mais aprimorada. Chamada de FXD900, ela possui duas câmeras, sendo uma frontal Full HD (1080p), além de uma traseira HD, igual à do outro modelo. A memória tem o dobro da capacidade do primeiro modelo, com 32GB, e o produto ainda tem antena de GPS embutida e resiste a temperaturas de -40?C a 80?C.

As duas opções já estão disponíveis do mercado, sendo que a mais simples custa R$ 599, e o modelo mais completo sai por R$ 1.199. O lançamento dos dois produtos marca a chegada da sul coreana Thinkware no Brasil.

Moda na Rússia

O já quase longínquo caso do meteorito na Rússia foi captado de diversos ângulos por câmeras on boards em carros de passeio e caminhões. Além disso, o YouTube está recheado de vídeos absurdos do trânsito russo. Esse “Big Brother” do tráfego foi motivado pelo grande número de casos de corrupção policial e da justiça no país.

Por lá, a população era acostumada a uma realidade onde quem tinha mais contatos e dinheiro ganhava os processos em casos de acidentes, por exemplo. Porém, com a comprovação em vídeo, diminuem as chances de os tribunais da Rússia darem ganho de causa à parte errada. Por conta disso, as câmeras de segurança nos veículos se popularizaram grandemente nos últimos tempos.

O fator da corrupção policial também motiva esse avanço da tecnologia de segurança em vídeo nos carros. Por lá, 100% das viaturas são monitoradas por câmeras. No caso dos carros de passeio, a dificuldade maior é que os dispositivos não filmam as janelas das portas e as laterais do carro, onde ocorrem boa parte dos abusos. Porém, diversos vídeos na internet mostram policiais “descuidados” que foram flagrados pedindo propinas ou trabalhando bêbados.