Publicado em: terça-feira, 18/02/2014

Empresa converte acesso à internet em árvores plantadas

Empresa converte números de acesso à internet em árvores plantadasAcessar a internet pode ajudar o meio ambiente, uma empresa brasileira resolveu converter o número de acessos de uma página na web em árvores plantadas. Criada há pouco tempo, a GreenClick tem como objetivo diminuir a quantidade de dióxido de carbono (CO2) emitida no processo de armazenamento das páginas virtuais (data centers).

A liberação do gás carbônico na atmosfera realizada por veículos automotivos é diferente no caso dos sites, pois no caso dos automóveis, é um processo direto. No caso das páginas na internet, a emissão do gás é realizada nas centrais de armazenamento de dados, as quais são grandes consumidores de eletricidade, e o processo de geração de energia emite o dióxido de carbono.

A sócia da companhia, Cecília Vick, conta que a GreenClick faz um cálculo da quantidade de energia que o site gasta para funcionar e converte isso no plantio de árvores com o objetivo de neutralizar a emissão do gás carbônico.

Com menos de um mês de existência, a empresa espera que até o fim do ano venha a plantar 10 mil mudas de árvores. Cecília revela que muitas empresas têm interesse em fazer campanhas sustentáveis, mas devido a burocracia que impera no país, acabam não realizando alguma campanha.

Atendendo mais de 40 clientes, a empresa já plantou aproximadamente 70 plantas e espera que até o fim do próximo mês deva ter plantado mil.

O calculo utilizado para a mensuração dos acessos e quantidade de gás carbônico liberado na atmosfera, a empresa chegou informações com os principais servidores do planeta. Se uma página consegue mais de 120 mil acessos ao ano, é necessário o plantio de uma muda de árvore para neutralizar a emissão. As árvores plantas são de espécies nativas da região e plantadas no norte do Paraná, no município de Apucarana pelo Instituto Brasileiro de Florestas (IBF).