Publicado em: sábado, 30/06/2012

Emerson ‘Sheik’ vai para o banco dos réus nas próximas semanas

O atacante Emerson Sheik, do Corinthians, terá preocupações extra-campo antes do final da Copa Libertadores da América. Isso porque daqui a duas semanas o jogador será julgado por contrabando e lavagem de dinheiro.

Emerson e o volante Diguinho, do Fluminense, estão respondendo a um processo pela compra de duas BMWs modelo X6 que foram importadas ilegalmente. Essas importações teriam sido feitas por bicheiros de Vitória e do Rio de Janeiro.

Tanto os jogadores quanto seus advogados não quiseram dar mais detalhes sobre a investigação. Em caso de condenação, a pena para o crime é de prisão com no mínimo quatro anos de reclusão podendo chegar a 14 anos.

As investigações mostraram que Emerson depositou dinheiro na conta do israelense Jehuda Kazzabi, considerado um dos chefes dessa quadrilha e que possui ramificações em outros 12 estados do Brasil. Para o recebimento do automóvel foi usada a concessionário de outro bicheiro, Haylton Scafura.