Publicado em: sexta-feira, 26/08/2011

Embaixador líbio manifesta lealdade a oposição a Muammar

Nesta sexta-feira (26) o embaixador da Líbia no Brasil, Salem Al Zubaidi, anunciou que apóia e é leal ao Conselho Nacional de Transição (CNT) que é controlado pela oposição ao ditador Muammar Khadafi. No entanto, até o início desta semana o embaixador se declarava fiel ao ditador.

Foi durante uma coletiva de imprensa, Zubaidi afirmou que foi escolhido pela população da Líbia para representar seu povo. Ele disse ainda que a maioria dos líbios seja a favor da oposição. O embaixador falou que está à disposição da CNT e que deve permanecer no cargo até que outro diplomata seja designado para a embaixada do país no Brasil.

Desde a semana passada a bandeira da oposição ao governo líbio está hasteada no prédio da embaixada em Brasília. A mudança se deu devido a um embate entre simpatizantes dos rebeldes e os aliados ao Khadafi. Agora há no local um esquema de segurança realizado pela Policia Militar para impedir que ocorram confrontos. Na terça-feira (22), líbios que vivem no Brasil abandonou a ocupação que faziam na embaixada em Brasília, mas manteve um representante no local.

Os líbios que vivem no Brasil exigem que o governo apóie a oposição no momento da transição do regime na Líbia. O ministro das Relações Exteriores afirmou que o governo brasileiro aguarda manifestações vindas da Organização das Nações Unidas para então definir qual será a posição adotada no processo de transição do governo. Mas, disse ainda que do Brasil não exista a intenção de suspender unilateralmente as sansões que são impostas ao país.