Publicado em: segunda-feira, 29/10/2012

Em três meses, 80 mil se declararam doadores de órgãos no Facebook

Em três meses, 80 mil se declararam doadores de órgãos no FacebookNo fim do mês de julho, o Ministério da Saúde e o Facebook deram a possibilidade que usuários da rede social pudessem se declarar como doadores de órgãos. Conforme aponta o ministério, nestes três meses, aproximadamente 80 mil pessoas já fizeram o compartilhamento desta decisão solidária na rede social.

Alexandre Padilha, Ministro da Saúde, divulgou um comunicado que diz que esta é uma forma de contribuir para o incentivo de doações. É necessário, segundo ele, que isto seja multiplicado várias vezes e atinja a maior quantidade possível de pessoas.

Isto já era disponibilizado nos Estados Unidos, e tem como objetivo que as pessoas espalhem esta ideia para os usuários da rede. Sobre essa divulgação que é um doador de órgão, Alexandre Hohagen, vice-presidente da rede-social na América Latina disse em outro comunicado que isso pode ser importante para que as pessoas se conscientizem com esta causa importante.

Para se declarar um doador, no Facebook é simples, basta apenas ir à sua linha do tempo, clicar sobre Evento Cotidiano, que fica na direita, após, é preciso selecionar a opção Saúde e bem-estar e, por último clicar em Doador de órgãos. Essa configuração pode ser divulgada para amigos ou de maneira pública, conforme opção do usuário.

Após isso, a opção de ser um doador fica visível na linha do tempo. O usuário pode compartilhar quando, onde e por que ele quis se tornar um doador de órgãos.

Conforme informa o Ministério da Saúde, ao deixar a opção do Facebook não significa que o caminho a ser percorrido mudou, a família ainda é responsável para que a doação de órgãos seja autorizada, porém é uma forma que amigos e familiares saibam que a pessoa tinha este desejo.