Publicado em: quinta-feira, 17/11/2011

Em São Paulo, locação de imóveis comercias cresce 12%

Na cidade de São Paulo, o número de novos contratos de aluguel comercial cresceu cerca de 12% entre janeiro e outubro deste ano. O número foi apontado em comparação com o mesmo período do ano passado. O levantamento foi feito pela Lello Imóveis e divulgado na quarta-feira (16).

44% das unidades comerciais alugadas eram salas e conjuntos destinados, em sua maioria, à instalação de consultórios médicos e odontológicos e escritórios de representação, advocacia e contabilidade. E 21% foram casas comerciais para escritórios, clínicas de estética e cabeleireiros.

De acordo com a empresa Lello, a rentabilidade do aluguel comercial desses imóveis para os proprietários varia de 0,7% a 1% no valor do imóvel. Esse valor também depende da localização, do estado de conservação e da relação entre oferta e procura. Esse crescimento indica que o mercado continua movimentado e ainda representa uma ótima oportunidade de investimentos.

É aconselhável que quem tem interesse em investir na compra de imóveis comerciais tenha um imóvel regularizado, além de uma unidade compatível com o ramo de atividade. Também é preciso analisar a vocação do imóvel, a região e segurança do local.