Publicado em: quinta-feira, 09/02/2012

Em São Januário, Vasco perde para Nacional do Uruguai na reestreia pela Libertadores

Passaram-se quase 11 anos desde que o Vasco havia disputado sua última Libertadores. Em 2001, perdeu no estádio La Bombonera para o Boca Juniors por 3 a 0 e foi eliminado do torneio nas quartas de final. Por isso, a expectativa da torcida pelo retorno do clube à maior competição do continente era grande. Porém, a apresentação da equipe de São Januário não foi nem perto daquelas que deram ao time o título da Copa do Brasil e a segunda posição no Brasileirão do ano passado.

Na partida desta quarta-feira (8), o Vasco jogou em casa, mas acabou perdendo por 2 a 1 para o Nacional do Uruguai, em partida válida pelo grupo 5 da Libertadores. O time uruguaio pressionou os donos da casa desde o início, mas o Vasco teve a primeira grande chance. Depois de troca de passes entre Felipe, Alecsandro e Diego Souza, este pegou embaixo da bola e chutou por cima do gol.

Porém, quem abriu o placar foi o Nacional. Depois de escanteio, ocasionado por boa defesa de Fernando Prass, Dedé tentou tirar a bola de Scotti e acabou desviando para dentro do gol, abrindo o placar para os uruguaios. Logo aos dois minutos da segunda etapa, Viúdez avançou pela direita e cruzou para Sánchez, que cabeceou e ampliou o placar para o Nacional.

O gol do Vasco só saiu aos 29 minutos do segundo tempo, depois que Alecsandro se antecipou ao chute cruzado de Juninho e tocou para o gol. O time brasileiro não conseguiu reagir mais e acabou perdendo o jogo. O Vasco só volta a jogar pela Libertadores no dia 7 de março, contra o Alianza Lima, do Peru, em São Januário. O Nacional também jogará em casa, contra o Libertad, do Paraguai, no próximo dia 16.