Publicado em: sexta-feira, 27/04/2012

Em reviravolta, Justiça libera Oscar para atuar pelo Inter

Na noite da última quinta-feira (26) o caso Oscar ganhou mais um capítulo, desta vez favorável ao jogador e ao Internacional. O Tribunal Superior do Trabalho (TST) liberou o meia para que ele possa atuar no clube que desejar.

A liminar favorável ao jogador foi concedida pelo Ministro Guilherme Caputo Bastos, do TST. Com essa liberação, Oscar pode ficar até a disposição do técnico do Inter, Dorival Júnior, para a partida do próximo domingo diante do Grêmio na decisão do segundo turno do Gaúchão.

Mas para que isso possa ser feito, a CBF deverá agir rápido e ainda nesta sexta-feira (27) retirar do seu banco de dados o vínculo inicial que o atleta tinha com o São Paulo. Até mesmo no jogo de volta da Libertadores diante do Fluminense, Oscar poderá estar em campo.

O principal argumento utilizado pelo Ministro do TST que concedeu o habeas corpus a Oscar é de que o jogador não é ‘escravo’ e pode atuar onde bem entender. São Paulo e Internacional ainda não se pronunciaram sobre a reviravolta no caso.