Publicado em: quarta-feira, 26/10/2011

Em retorno ao São Paulo, Emerson Leão fala de conquistar “nova Conmebol”

Em 1997, Emerson Leão estava começando sua carreira como treinador. Ele era a nova aposta do Atlético-MG, mas conseguiu muito prestígio após a conquista da Taça Conmebol daquele ano, repetindo o feito em 1998 no comando do Santos. Após um período longe de grandes clubes brasileiro, ele volta a São Paulo na busca de mais um título continental, na partida desta quarta-feira (26), contra o Libertad, no Paraguai, pela Copa Sul-Americana.

A partida vale vaga para as quartas de final da competição, que também é secundária no continente, assim como a Conmebol era na década de 1990. O São Paulo passa para a próxima fase mesmo se perder por um gol de diferença, caso consiga marcar um gol fora de casa, já que venceu o primeiro jogo por 1 a 0, no Morumbi, com gol de Luís Fabiano.

A conquista da vaga é mais importante para Leão. O treinador não consegue um resultado significativo desde que salvou o Corinthians do rebaixamento no Campeonato Brasileiro de 2006 e agora tem a chance de voltar a grandes clubes com um título minimizado por muitos. Porém, as conquistas de 1997 e 1998 abriram caminho para que Leão comandasse equipes importantes no Brasil e chegasse até mesmo à seleção brasileira.

A competição é importante para o São Paulo tentar a vaga na Libertadores em duas competições diferentes. O título da Sul-Americana vale vaga na maior competição do continente, mas o clube também briga por uma posição entre os quatro primeiros no Campeonato Brasileiro.