Publicado em: quinta-feira, 22/08/2013

Em operação IBAMA apreende máquinas e madeira no Pará

Em operação IBAMA apreende máquinas e madeira no ParáEm operação realizada pelo IBAMA, da cidade de Baião que fica localizada no Pará foram apreendidas grandes quantidades de madeira e maquinário destinado a prática de corte em uma empresa local.

Segundo informações do Ibama, com a quantidade de madeira que foi apreendida poderiam ser enchidos 32 caminhões, essa operação chamada de Onda Verde se iniciou na rodovia Transcametá e foram efetuadas mais algumas apreensões durante o trajeto.

Em uma madeireira que se localiza no local o Ibama encontrou e apreendeu diversas documentações sendo que essa empresa já havia sido multada por 14 vezes e teve suas portas fechadas nos anos de 2009 e 2012, porém mesmo assim continuara com suas atividades normais, contrariando as decisões e orientações que lhes foram passadas.

Segundo Leonardo Tomaz que foi o líder da operação a empresa foi fechada as pressas antes mesmo que os agentes tivessem a oportunidade de verificar o local, de acordo com as declarações de Leonardo, tudo da empresa foi levado rapidamente, pois o ar condicionado ainda estava no local e a água estava gelada, também foi visto no local bastante resto de madeira que estava cerrada, o que da ainda mais certeza de que esta estava funcionando perfeitamente antes da chegada dos agentes.

Possivelmente isso ocorreu porque as pessoas que trabalham naquela empresa já haviam sido informadas de que alguma fiscalização estava para acontecer, então estes funcionários e responsáveis pela empresa tiveram tempo de retirar todos os equipamentos do local e provavelmente foram escondidos.

Foram apreendidos um motor e peças encontradas em meio à serragem que estavam localizadas em um galpão existente nos fundos da empresa e também uma extensa quantidade de madeiras de Cururui, que tem um valor comercial superior aos demais da região.

A multa que será aplicada nesta empresa é de R$ 150 a R$ 200 mil reais por armazenamento de madeira que não é permitida para corte, no que se refere ao não cumprimento da regra de fechar as portas a multa pode chegar a R$ 1 milhão de reais, além da multa por falta de licença para funcionar que pode chegar ao valor de R$ 10 milhões de reais.