Publicado em: quinta-feira, 30/01/2014

Em menos de uma semana Justin Bieber é preso pela segunda vez

Justin Bieber é preso pela segunda vezO cantor canadense Justin Bieber foi preso novamente ontem pela polícia de Toronto, acusado de agredir o motorista da sua limusine em dezembro do ano passado.

Justin se apresentou de forma voluntária para a polícia, e, assim que ele prestou depoimento, foi liberado. Após permanecer quase duas horas na cadeia, Bieber deverá se apresentar no dia 10 de março no tribunal.

Em comunicado, a polícia local informou que o incidente aconteceu em uma madrugada que o funcionário foi buscar o cantor e mais cinco pessoas em uma balada que fica no centro de Toronto.

O desentendimento aconteceu depois que o funcionário pegou o grupo na casa noturna e se deslocava para um hotel. Durante o trajeto, os passageiros do carro discutiram com o motorista, e um homem o atingiu várias vezes na cabeça. Irritado, o funcionário de Bieber desceu do carro e ligou para a polícia. Porém, antes dos agentes chegarem no local, o agressor fugiu.

Howard Weitzman, advogado do cantor teen, fez um comunicado afirmando que Justin é inocente, e que a infração é leve, ou seja, ele não terá grandes consequências.

Com a presença do jovem famoso, de 19 anos, na delegacia da cidade, muitos curiosos e a imprensa lotaram o local, causando um tumulto na 52ª Divisão da Cidade. Para conter a multidão, seguranças e policiais reforçaram o local e impediram que os presentes barrassem a entrada de Bieber. O cantor, que não disse nada e que estava com a cabeça coberta com um boné, entrou na delegacia por uma porta lateral.

Para sair, Bieber foi mais esperto e usou uma porta alternativa do edifício para deixar o local.

Em menos de uma semana, está já é a segunda vez que Justin é detido pela polícia. Na semana passada ele foi acusado, em Miami, EUA, de dirigir sob o efeito de drogas e de bebidas alcoólicas.