Publicado em: quarta-feira, 05/03/2014

Em menos de 24 horas, Bell Marques agita Salvador duas vezes, e dá pontapé inicial na carreira solo

Bell Marques agita Salvador duas vezes, em menos de 4 horasA emoção e as lágrimas da despedida do Chiclete Com Banana foram rapidamente substituídas pela energia incomparável de Bell Marques, renovada com o início da carreira solo. E se os 62 anos do cabeludo podem parecer muito quando ditos por alguém, a expressão de alegria e o ímpeto do artista fazem crer que ele tenha menos da metade dessa idade. Porém, só de Chiclete foram 30 anos.

E a estreia na carreira solo não podia ser em outro cenário. Carnaval de Salvador, no circuito Barra/Ondina e milhares de pessoas pulando e cantando. No comando do trio Vumbora, Bell Marques arrebatou os fãs que o acompanharam em três décadas de Chiclete com Banana e agitou o último dia de folia na capital baiana.

Para a primeira apresentação, como não podia deixar de ser, uma seleção dos maiores sucessos dos 30 anos de carreira embalou a multidão, repleta de pessoas que aproveitaram a dobradinha – a despedida oficial do Chiclete foi durante a tarde da terça-feira de carnaval, em Campo Grande, algumas horas antes do show no Barra/Ondina.

Fim de um ciclo

Este passo marca um recomeço na carreira de um dos cantores mais importantes da música baiana, co-autor em algumas das maiores revoluções que levaram o axé music e o carnaval de Salvador a serem o que são hoje. Bell Marques causou espanto ao anunciar que deixaria o Chiclete Com Banana pelo Facebook, em setembro do ano passado.

De lá para cá, diversas apresentações com a banda foram realizadas, mas há relatos de que o cantor só se encontrava com os antigos companheiros para ensaios e shows. O cantor e guitarrista Rafa Chaves, que vinha comandando a banda Via Circular, vai assumir o posto do histórico Bell Marques. A escolha do substituto foi unânime entre os integrantes remanescentes do Chiclete com Banana, e não envolveu qualquer tipo de “processo seletivo”.