Publicado em: quarta-feira, 06/08/2014

Em entrevista, Aécio afirma que se for eleito criará o ministério da Infraestrutura

Em entrevista, Aécio afirma que se for eleito criará o ministério da InfraestruturaNa última segunda-feira (4), o candidato a presidência da República pelo PSDB, o senador Aécio Neves (MG), declarou durante uma entrevista que, se caso ganhar as eleições, ele criará o Ministério da Infraestrutura e eliminará o Ministério da Pesca. De acordo com o candidato, o órgão será responsável por reunir setores como transporte e energia, em que nos dias de hoje possui ministérios próprios.

Quando questionado sobre qual pasta iria ser extinguida em seu governo, ele deixou claro que daria o exemplo do Ministério da Pesca. Não se justificando porque acredita que é preciso fortalecer o Ministério da Agricultura, mas em um primeiro momento, Aécio afirma que está analisando a possível criação de um ministério da infraestrutura. Ele se recusa a entrara em detalhes sobre o assunto, mas adianta que o ministério cuidaria de assuntos relacionados a investimentos em rodovias, ferrovias e energia.

Dois anos

O Ministério da infraestrutura já existiu mas por dois anos no governo Fernando Collor, criado em 1990 e extinto em 1992, três ministros estiveram à frente do ministério. Com base nessas informações, jornalistas perguntaram ao presidenciável sobre isso e ele afirmou que não tem esse antigo governo como base para seu governo, destacando que o que pode demonstrar ao Brasil agora, é sua própria história. Durante três blocos que levaram cerca de 45 minutos, o candidato tucano respondeu a perguntas dos internautas e do portal, que foram conduzidas pelos jornalistas Tonico Ferreira, da TV Globo e Nathalia Passarinho, do G1.

Cada candidato teve sua entrevista datada por meio de sorteio, e elas começariam com a presidente Dilma Rousseff, sorteada para o dia 28 de julho, contudo, não compareceu por falta de agenda, segundo informações da assessoria do Palácio do Planalto. No último dia 31, o entrevistado da vez foi o candidato pelo PSTU, Zé Maria, e o próximo acontecerá na quinta-feira (7), com Mauro Iasi (PCB).