Publicado em: sexta-feira, 14/02/2014

Em duas horas o site “Apoio a Zé Dirceu” arrecada R$ 60 mil

O site "Apoio a Zé Dirceu" arrecadou R$ 60 mil em duas horasFoi criado um site de apoio ao ex-ministro e condenado do mensalão José Dirceu, na última quarta-feira (12), ele deverá pagar R$971 mil de multa, valor que foi estabelecido pela Justiça, com isso, amigos e familiares criaram este site com o intuito de ajudar na arrecadação deste valor. Ontem, quinta-feira (13), Dirceu informou que em 2 horas o valor recebido já era de R$60 mil.

A página criada, entrou ao ar ontem as 16 horas e até as 18 horas, já haviam 300 doações registradas. Essa ideia não é única de José Dirceu, outros condenados ao mensalão, também já fizeram campanhas na internet para pagarem suas multas, José Genoíno ex-presidente do PT e Delubio Soares juntos, receberam em torno de R$1,7 milhões, valor suficiente para quitarem as dívidas com a Justiça. O site em apoio a Dirceu, tem declarações feitas por ele, dizendo que é hora de reparar as injustiças e mostrar que a solidariedade é capaz de mudar a história. Os familiares de Dirceu afirmaram que o contador do site irá atualizar diariamente o valor arrecadado das doações, eles esperam que seja arrecadado pelo menos R$100mil nas primeiras 24 horas do site no ar. No site também é informado que José Dirceu não recebeu notificação para pagar nenhum valor até agora, entretanto, o site foi criado porque assim que receber a notificação acredita-se que ele terá que pagar o valor exigido.

Além do site, José Dirceu também investiu em divulgar a campanha nas redes sociais. No Twitter, publicou mensagens promovendo e pedindo contribuições.

INVESTIGAÇÃO

Segundo a declaração do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o Ministério Público nos estados está fazendo uma investigação para saber de onde vem as doações recebidas pelos petistas condenados.

Foram levantadas suspeitas de lavagem de dinheiro pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes, por isso intensificaram as investigações para saber se existe algum esquema por trás disso.