Publicado em: terça-feira, 07/10/2014

Em diversos estados chega ao fim a greve dos bancários

Em diversos estados chega ao fim a greve dos bancáriosDesde o dia 30 de setembro em greve, os bancários de todo o país se reúnem para uma assembleia nessa segunda-feira (6), para que possam decidir sobre o fim da paralisação. De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), grande parte dos sindicatos já decidiram aceitar a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e voltar ao trabalho na terça-feira (7).

Os estados que até as 20h50 já haviam decidido pelo fim da greve, foram:

Alagoas: Os bancários de Alagoas, excluindo os vinculados ao Banco do Nordeste do Brasil (BnB), decidiram voltar às atividades nessa terça-feira a partir das 10h.

Ceará: Os bancários do Ceará decidiram acabar com a greve nos bancos privados e em parte dos bancos públicos do estado. Embora, os funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (BnB) com sede em Fortaleza, decidiram realizar uma assembleia distinta continuar a paralisação.

Mato Grosso: Os bancários do Mato Grosso resolveram suspender a greve da categoria de bancos privados e no Banco do Brasil, mas decidiram em continuar com as atividades paralisadas nas agências da Caixa Econômica Federal.

Minas Gerais: Os bancários de Uberlândia resolveram em assembleia, terminar a paralisação e retornar ao trabalho nessa terça. Em cidades da Zona da Mata também foram optadas pela decisão do fim da greve.

Paraná: No estado do Paraná, os bancários de Curitiba e Região Metropolitana decidiram encerrar a greve. No interior do estado, as assembleias que foram realizadas nessa segunda-feira pelos sindicatos dos bancários de Arapoti e de Cornélio Procópio também foram a favor das propostas apresentadas pelos bancos.

Porto Alegre: Os bancários resolveram acabar com a greve dos bancos privados e em agências da Caixa Econômica Federal (CEF) de Porto Alegre. De acordo com a Federação dos Trabalhadores das Instituições Financeiras (Fetrafi-RS), uma assembleia acordou e optou pela aceitação da última proposta patronal e os serviços serão retomados normalmente.

Santa Catarina: A Contraf, trabalhadores de Criciúma (SC) também decidiram voltar as atividades a partir de terça, logo após a aprovação da proposta da Fenaban para bancos públicos e privados.

São Paulo: Em São Paulo os bancários de Osasco e 15 municípios da região aceitaram na noite da última segunda-feira (6) a proposta do sindicato patronal e resolveram dar fim à greve, retornando as atividades.