Publicado em: sexta-feira, 08/06/2012

eHarmony confirma violação de dados

Uma grande onda de violação de dados de usuários em redes sociais tem atingido a internet nos últimos dias. Depois do site LinkedIn ter tido os dados dos usuários violados, foi a vez do portal de relacionamento eHarmony sofrer com a situação, resultando no comprometimento das senhas de uma parcela dos usuários da rede.

No site foi publicada uma nota afirmando que somente uma fração pequena dos usuários havia sido afetada. No mesmo comunicado o site informava que como forma de precaução, as senhas de acesso de todos os usuários foram redefinidas. Mais tarde os membros iriam receber um email com as instruções como forma de proceder a partir de agora.

O site Ars Technica informou que no total aproximadamente oito milhões de senhas de acesso teriam sido atingidas. Deste total, cerca de 1,5 milhão são dos usuários do eHarmany, enquanto que os seis milhões restantes eram de usuário da rede para profissionais LinkedIn.

Confirmação

A confirmação sobre a violação de dados do LinkedIn aconteceu na quarta feira (06), através de uma postagem no blog oficial da rede social. A mensagem afirmava que as senhas de alguns usuários haviam vazado na internet. Profissionais de segurança em sites encontraram os dados em site onde hackers trocam informações roubadas com freqüência.

O único ponto positivo é que foram apenas as senhas que estavam nos arquivos violados e não os endereços de email de cada senha. Isso significa que as pessoas que acessaram o download do arquivo das senhas não conseguirão acessar os perfis com facilidade, pela falta do endereço.

Mesmo assim, o que analistas afirmam é ser provável que os hackers responsáveis pelo roubo das senhas tenham em mãos os endereços correspondentes, mesmo que não estivesse junto no mesmo arquivo. Isso significa que eles ainda poderiam acessar as contas até que as senhas sejam modificadas.