Publicado em: domingo, 15/07/2012

Egito: prédio de 11 andares desaba e deixa 16 pessoas feridas

No sábado, 14 de julho, o Egito teve um desabamento de um prédio. O acidente aconteceu num edifício de 11 andares localizado na cidade de Alexandria e deixou outras três casas vizinhas destruídas. De acordo com as primeiras informações que foram fornecidas pela polícia enquanto o resgate ainda estava sendo feito, pelo menos 16 pessoas ficaram feridas no desabamento. No entanto, não houve a divulgação de informações sobre vítimas fatais no acidente.

De acordo com as informações fornecidas por moradores que viviam próximos ao prédio do acidente, a construção não teria fundamentos suficientes para aguentar tanto peso. A base da construção do edifício, de acordo com um morador, não teria sido projetada para ter o número de andares que o prédio tinha.

Ainda de acordo com testemunhas, nos últimos dias o prédio vinha emitindo alguns sons que seriam das rachaduras se formando. De repente, durante o sábado, o local veio abaixo levando ainda outros três prédios localizados próximos. Outros prédios que ficam perto do edifício que desabou também correm o risco de cair, já que a adição de novos andares que não foram planejados no projeto inicial da construção parecem ser comuns no local.

Nos últimos anos, a população que vive no Egito tem sofrido por conta da deterioração dos imóveis, tanto comerciais, quanto residenciais e com a falta de respeito pelas leis que regem a urbanização das suas cidades.

No ano de 2007, por exemplo, um acidente parecido já havia sido registrado também na cidade de Alexandria. Na ocasião, três pessoas morreram depois que um prédio de 12 andares veio abaixo. Antes do desabamento, as autoridades locais já tinham ordenado que os dois últimos andares fossem removidos porque não tinham sido planejados na construção inicial, mas a obra não chegou a ser realizada.