Publicado em: quarta-feira, 25/01/2012

Economia deve ter crescimento abaixo de 3%, informa Serasa

Segundo o Indicador Serasa Experian de Atividade Econômica a avaliação do Produto Interno Bruto (PIB Mensal), o mês de novembro passado apresentou um crescimento de 0,2% em relação ao mês anterior (outubro de 2011). Esta é a primeira variação positiva que o índice sofreu nos últimos seis meses.

Em comparação com o mês de novembro de 2010, o crescimento acumulado foi de 0,9% para o ano passado. Entretanto, mesmo com o avanço da atividade econômica, o índice acumula queda de 3% em novembro e 2,8% para o mês de novembro, ficando abaixo da expectativa de 3% em 2011.

De acordo com o relatório divulgado pelo Serasa nesta terça-feira (24), “mesmo que a atividade econômica cresça novamente no mês de dezembro, o que caracterizaria um processo de reativação da economia no curto prazo, o crescimento acumulado em 2011 deverá ficar mesmo abaixo de 3%, a segunda menor taxa anual de crescimento econômico desde 2004, só perdendo para a queda de 0,3% do PIB registrada em 2009”.