Publicado em: terça-feira, 30/10/2012

Dotcom pretende lançar novo Megaupload em janeiro e diz que será gratuito e legal

Dotcom pretende lançar novo “Megaupload” em janeiro e diz que será gratuito e legalNesta segunda-feira (29) Kim Dotcom, fundador do Megaupload disse que seu novo projeto, chamado Megabox vai ser lançado no dia 19 de janeiro do ano que vem, será simples de usar, além de ser grátis e legal.

Dotcom está em liberdade condicional na Nova Zelândia até março, onde aguarda julgamento que pode o extraditar para os Estados Unidos. Lá ele é acusado de pirataria, entre outros crimes.

Ele criou uma conta no Facebook para o novo portal Megabox, e apontou que o local terá espaço ilimitado para música, e ainda anunciou que o serviço é gratuito, fácil de usar e será legal.

Na última sexta-feira (26), o alemão disse no Twitter sobre “novo Mega”, que será lançado exatamente quando a prisão que sofreu em sua residência completará um ano. Dotcom publicou ainda uma foto de sua mansão próximo a Auckland, onde foi preso com três empresários da empresa no dia 19 de janeiro (20 na Nova Zelândia), em uma operação que também ocorreu pela Europa, com o portal que foi fechado, os bens confiscados e as contads congeladas.

Porém, segundo afirmou o portal Computerworld New Zeland a criação deste Megabox pode prejudicar a liberdade condicional de Dotcom ou fazer com que ele sofra outras acusações. O site disse isso, com base em documentos judiciais que o Departamento de Justiça americana apresentou na última semana.

O fundador prestou juramento que não relançaria o Megaupload nem outro site similar na Nova Zelândia até terminar o processo judicial contra ele. Ira Rothken, advogado norte-americano de Dotcom, disse que, de forma aparente, os Estados Unidos mais uma vez atacam as novas tecnologias sem que antes tenham feito uma investigação completa, e disse que o cliente é inocente.