Publicado em: quinta-feira, 19/09/2013

Dono do Facebook diz que espionagem fez com que usuários perdessem a confiança no site

Dono do Facebook diz que espionagem fez com que usuários perdessem a confiança no siteMark Zuckerberg, que é presidente executivo da rede social Facebook, utilizada por internautas do mundo inteiro, disse recentemente que o fato da espionagem do governo dos Estados Unidos ter vindo a tona e se tornado pública fez com que a confiança dos usuários no site ficasse abalada.

Para ele, é preciso que se saiba mais sobre esses programas de vigilância do governo norte-americano para que a opinião pública não fique tão preocupada com esse assunto.

O dono da rede social, que não costuma aparecer muito em público, disse num evento organizado nos Estados Unidos que pediu para que o governo dos Estados Unidos fale mais para os cidadãos sobre como funciona e quais os motivos pelos quais eles precisam solicitar dados dos usuários para as empresas de internet.

Zuckerberg ainda disse que pelos dados que ele pode ver no Facebook é que quanto mais comunicativo e sincero for o governo em relação aos dados que solicita para as empresas de internet sobre os seus usuários, melhor todos ficarão com esse tipo de atitude.

De acordo com ele, através dos meios de comunicação não é possível ter a real ideia do número de pedidos que o governo faz sobre os usuários da rede social. Segundo ele, não dá para saber se esse número é grande ou pequeno. E que, quanto mais se tiver informações sobre isso, mais tranquilo os usuários da rede se sentirão com esses procedimentos.

Preocupação

Na ocasião, o dono do Facebook também se mostrou preocupado com o número de reclamações sobre os programas secretos de espionagem que são utilizados pela Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos. De acordo com ele, essa questão pode fazer com que os Estados Unidos alienem de alguma forma os outros países sobre esse assunto, o que poderia prejudicar a inovação em todos os lugares do mundo.

De acordo com dados do início do ano, cerca de 1,1 bilhão de pessoas utilizam o Facebook periodicamente em todo o mundo a cada mês.