Publicado em: sexta-feira, 21/12/2012

Dona Canô pode receber alta em breve

Dona Canô pode receber alta em breveRodrigo Veloso, um dos filhos de Dona Canô, que tem acompanhado a mãe no hospital em Salvador informou que ela pode receber alta a qualquer momento. Isso porque o seu quadro clínico permanece inalterado e os médicos acreditam que isso é positivo, pois representa melhora e alguma providencia deve ser tomada em breve.

A mãe de Caetano Veloso e Maria Bethania sofreu uma isquemia cerebral e foi internada no ultimo sábado, dia 15, no hospital São Rafael, na capital baiana. Rodrigo informou que se encontrou com a irmã Irene, que representa a família e a equipe médica para definir como será o retorno de Dona Canô para casa. Ela viva na cidade de Santo Amaro, na região do recôncavo baiano.

Na manha desta quinta-feira mais um boletim médico foi divulgado, informando que a alta da matriarca deve acontecer dentro das próximas 48 horas. Apesar disso, Dona Canô deve continuar fazendo o seu tratamento em casa, através de um processo de internamento domiciliar. Aroldo Bacelar, neurologista responsável pelo caso informou na quarta-feira, dia 19, que toda a equipe está otimista, já que foram suspensos os principais medicamentos que a senhora de 105 anos está tomando e confirmou que a alta deve ser realizada em breve.

Os médicos ainda explicaram que a paciente não teve déficit neurológico grave e não ficará com sequelas. Quando chegou ao hospital Dona Canô estava com dificuldades para mover os membros superiores diretos e falar, não conseguindo mexer com a mão e o braço. Mas ela já conseguiu recuperar os movimentos e a fala, o que elimina o risco de sequelas. Rodrigo contou que percebeu que sua mãe passou a se comportar de forma diferente depois da notícia do falecimento do arquiteto Oscar Niemeyer, que aconteceu no ultimo dia 5. A notícia acabou deixando Dona Canô bastante abalada. Ela ficou incomodada pelo fato que os dois tinham idades parecidas e se entristeceu com o que viu pela televisão.

Por isso os familiares decidiram que o melhor era levar a senhora para Salvador. Ela ficou hospedada com Rodrigo em um hotel na orla de Salvador. No sábado Rodrigo notou que a mãe parou de responder ao seu chamado e por isso chamou uma ambulância. O filho falou que a mãe estava em um estado delicado e contou que os filhos estão se revezando para ficar com Dona Canô no quarto do hospital. Todos estão com esperança que ela consiga se recuperar, mas poucas pessoas podem visita-la, para que ela possa descansar.