Publicado em: quarta-feira, 30/05/2012

Dólar aumenta 0,16%, mas fica abaixo de R$ 2

O dólar terminou o dia ontem com uma pequena alta ante o real. Ontem o Banco Central não atuou e a moeda obteve ganhos no país. No entanto, mesmo com a alta, os operadores e investidores acreditam que a moeda americana não passará de R$ 2. Segundo uma fonte interna no banco, o BC atuou na semana passada para evitar especulação e com isso o dólar caiu e passou a valer R$1,99. Segundo ele, a moeda tende a ficar neste patamar.

Banco não interfere e dólar valoriza na sessão de ontem

O dólar terminou a sessão de ontem cotado a R$ 1,9864 na venda, apresentado uma alta de 0,16%. Ao longo do dia a moeda chegou a passar de R$2, chegando a quase 1% de alta. No entanto, perdeu fôlego ao longo do dia. Essa elevação da moeda ocorreu em função da ausência de atuação do Banco Central. Na semana passada o banco interferiu no câmbio fazendo leilões de swap tradicional. Na sexta-feira, foi a última vez que o BC atuou. A moeda estava estabilizada, mas mesmo assim o banco fez um leilão pela manhã e a moeda voltou a fechar em baixa. Segundo um operador que preferiu não se identificar, o mercado só atua quando a alta é significativa, o que não foi o caso de ontem, por exemplo.

Moeda deve ficar em torno de R$1,99

Segundo operadores, a moeda deve ficar estabilizada na faixa de R$ 1,99. O aumento só acontecerá que acontecer algum problema no mercado exterior que aumente a aversão ao risco. Outro operador disse que essa alta pode ser apenas uma movimentação específica depois da moeda entrar em queda por vários dias. Segundo ele, a atuação do BC é mais provável depois que a moeda ultrapasse os R$ 2,05.